MAR DE AMIGOS – INOX TEM DIFERENÇA? QUAL O MELHOR PARA BARCO? – 18/01/2024

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Sejam bem vindos a mais um mar de amigos. Hoje temos um novo tema, daqueles que eu acredito que muitas pessoas acham que conhece, mas ao mesmo tempo tem muitos segredos e para isso eu quero chamar aqui o meu amigo, o Renato, Renato, que é aqui um conhecedor desse tema que hoje eu acho que vocês tem que assistir até o final, porque tem muita coisa aqui para nos transmitir de conhecimento sobre inox.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Vamos lá, Consegue falar sobre nós?

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então estamos aqui na empresa do Renato, que é essa empresa que há anos é muito bem conceituada, que é a Oficina do Mar. Você pode falar para a gente um pouco sobre os produtos, sobre essa questão de inox.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Então, nós estamos aqui há mais ou menos 30 anos e passamos por vários segmentos e hoje em diante está num desenvolvimento constante.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E você, pelo jeito, é um artesão, um artesão.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
O trabalho continua a fazer mais, dando ênfase mais para o lado artesanal do que propriamente tecnológico, mas sempre visando qualidade.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então você pode nos explicar um pouco sobre as peças que você faz?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Bom, poderia entrar? Claro, é um bom tal aqui que a gente se esconde.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E se esconde. Não é aqui que vocês conseguem ter um pouco disso.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Aqui é um pouco de tudo o que nós fazemos, tanto da área naval como da área residencial.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Mas o Renato aqui é a nossa preocupação. É inclusive que o que os nossos acompanhantes aí do mar, de amigos tenham conhecimento sobre o que é inox, onde a gente vê qualquer coisa, você pega um talher, você vê uma panela, se vê você, todo mundo fala em inox.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
E note o seguinte você tem uma infinidade de ligas e infinidade. Você tem hoje 40, 50 tipos. Cada um tem uma função. Não existe o inox ruim, nem o inox bom. Cada um tem uma função, tem um final, uma finalização específica que você tem um talher. O aço inox de uma colher é diferente do aço inox da faca, a faca para cortar e a colher não.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Então o aço inox da faca ele é uma liga um pouquinho diferente.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E me explica uma coisa, porque quando a gente vê o inox, o que identifica geralmente é pelo brilho, o brilho a pessoa chega lá, vê uma questão com brilho, ele acha que é de inox. Eu vejo alguns barcos aí de alguns fabricantes que você olha ali, tem uma torneira que a torneira não é bem inox, ou seja, é um plástico que foi de que lado é, que diferença de inox e ferro.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
O que é o ferro? É o seguinte você pratica o ferro? É o alto teor de carbono, tá você no inox, você tem em alguns casos um pequeno teor de aço carbono, tá mais e você nessa nessa liga você consegue. Você tem uma série de outros de outra, de outros produtos e assim você tem molibdênio, você tem única, o níquel basicamente que é você é o que transforma o carbono em aço inox para acertar o básico.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Tem outros componentes, tem manganês, tem silício, tem um monte de coisa, mas a base mesmo é o níquel, que é o que transforma o carbono é aço inox.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então Renato, você tem alguma peça dessa do amolador de um outro lado do escapamento? É porque o escapamento para que muitos, muitos dos nossos, dos nossos acompanhantes da parte náutica, eles não conseguem entender qual a necessidade numa peça de escapamento náutico de um tubo de um motor marítimo. Então nós estamos falando aqui de uma peça que é feita com um determinado inox, que é nome, que são.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
300 e.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Seis. Esse é o 366. Ele está dentro desses zero.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Então o que acontece? Inclusive a solda? Então aqui é feito. Primeiro, o corte não é feito com contato metálico que não tem ferro encostando. Então por que você não pode ter a contaminação que é zero? Tá certo, Então o que acontece? Você tem o corte da peça, ai você tem a preparação da superfície onde vai ser soldada, onde é feito o chanfro, tá?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Depois você faz um sistema de ponte amento que é para posicionar todas essas esses gomos para dar o formato certo e depois você vê a solda propriamente dita. A gente não retira essa solda por questão de segurança, tá? Outra coisa em cima de uma peça dessa, normalmente trabalha até com material com uma espessura maior do que seria necessário.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Porque? Porque é uma segurança num barco você tem essa peça encaixada no motor e presa, você não sai do escapamento, você tem, você está sujeito a vibrações, tá? Isso é uma parte péssima para o arte, tá, E isso também tem outro fator que tem que ser o motor, tem que estar devidamente aterrado. Dá certo porque você tem uma reação química que chama eletrólise.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Quando você tem diferença de materiais, então você tem um motor, você vai ter ferro fundido, você vai ter e vai ter outra, outras ligas de material. E junto com água salgada, passando aqui você cria uma pilha.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E então, dentro do que você está me dizendo que o top, ou seja, a qualidade máxima de um de um aço, de um inox ou 316, ele tá.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Então para o escapamento.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então quer dizer que um armador ou um estaleiro ele que define qual é que.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Está.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Vivo? Dia de inox que ele quer que seja utilizado em determinados.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Homens no barco?

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
É isso?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Exatamente isso. Sempre se fez uma, se criou uma expectativa em cima do aço inox 306. Hoje, na Europa, muitas partes dos barcos estão sendo feito em aço inox 304. Por quê? Porque a finalização desse aço, o acabamento é feito uma maneira que não se conseguia fazer alguns anos atrás. Um é o polimento, que é um polimento normal. OXIDAR é hoje você ter um polimento de alto brilho que ele passa por mais etapas.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Você consegue dar um acabamento perfeito, você eliminando o risco você elimina problemas futuros, entende que você não vai ter, você não vai ter acúmulo de sujeira nesses micro riscos. Tá certo, mas é isso. Você vai conseguir trabalhar com vários materiais e ter um custo cada vez mais acessível.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
O polimento faz diferença.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Total, total, total.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Por quê?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Porque o que acontece é todo o sistema, a micro corrosão. Ela começa o que você tem micro fissuras, que são risquinhos nesses que você tem um acúmulo. Quanto mais próximo você tiver do mar, obviamente vai ser. Vai ter acúmulo de um, digamos, um sal dentro. Esse sal é corrosivo. É o sal que dá uma amarelada na peça. Não é perfurante, mas é uma corrosão.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Não deixa de ser uma corrosão. No momento que você faz o polimento corretamente, você cria uma proteção. Você vai sumir com essa aí. Então não tem como esse tipo eu não falar quando for a poluição, por exemplo, essa poluição se aderir ao aço.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E quando a gente olha assim nos barcos, algumas peças de inox e você vê assim um gotejamento ou algum escorrimento que é tipo ferruginoso, o que que é isso?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
A corrosão ou o material? O que é que não foi adequado para isso aí? Isso tem. Isso pode ter até uma partícula, digamos, se a pessoa usar um serrote, um arco de serra para cortar. Isso aqui é não limpar essa área. Você vai ter uma contaminação de carbono nessa área. A solda vai cobrir isso aí por um certo tempo, mas depois isso vai aflorar.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
A ideia é exatamente de estar recorrendo você com seus conhecimentos e para poder mostrar que não é questão de ser barato, ser cara tem um valor agregado.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Em valor agregado.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E esse valor agregado ele tem que entrar do tipo de material, é a qualidade do artesão ou do nada, ou do técnico que está fazendo essas peças aqui. E pelo que eu estou vendo aqui, você tem várias curvas aqui.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Nós temos da linha Volvo, nós temos praticamente tudo.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Tem tudo já pronto.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Então quer dizer.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Que aqui não precisa ir lá não.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Inclusive nós deixamos de ser. A gente não monta há muitos anos, então nós deixamos fazer essa parte, digamos, de instalação. Isso, isso é para o mecânico, não é para nós, é simplesmente o pessoal pede o tipo de escapamento, o que eles querem e a maioria das peças do tempo pronta entrega.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Em média, quanto tempo demora para se fazer uma peça como esse daqui? Vão falar que é um de 11, né?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Isso é feito de praticamente dois dias, tem peças mais complicadas que o de 13, tá, que são peças que digamos que tem muito geral no sistema, tem muita conformação, tem muita, tem muita modelagem, são peças bem mais complicadas de fazer. Todos eles. Segue o padrão.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Vou pegar essa peça e pesar. Até pode fazer uma pergunta, eu tenho essa peça aqui que isso aqui é uma obra.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
De arte e.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Me fala uma coisa, um escapamento desse aqui ele pode ser reaproveitado?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Não. Tem muita gente que tenta aumentar a vida útil ao extremo. Tá, mas aí vai lá. Quando aparece um furinho, você tem uma corrosão interna praticamente em forma de uma pirâmide por dentro, então o furinho por embaixo já deve ter quase um rombo. Tá certo? Então no momento que você vai soldar você vai mexer com todas as mola, então você vai alastrar.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Isso aí vai alastrando, alastrando, é irremediável. Dá para trocar um pedaço? Às vezes dá, mas é muito raro quando você tem um furinho aqui que você não tenha outros pontos. Já uma predisposição para a corrosão.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E essa solda que você mostrou aqui, ela tem que ser do mesmo material.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Material 306, então você solda também, ela é certificada. Nós temos a nossa bancada de solda, são em alumínio para não ter contaminação que estou falando e nós não podemos ter o contato e nada de é de carbono ou ferro para isso. Aqui, inclusive o corte nosso é feito com discos de, como se diz, de um material sintético que para não cortar com ferro.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Isso aqui a gente usa uma serra elétrica para cortar isso. Aqui nós temos que retirar a parte de contato.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E como eu posso distinguir o que que é ferro niquelado? É fácil, é.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Neumann o imbuído.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então, colocando o IMA, se o IMA grudou é.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Porque aí é ferro. Não tem, não tem meio ferro.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Mas existe inox imantado.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
E existe que é uma chama. Ele é uma liga chama 430. Cara, é bem específica. Cá ela tem até propriedade boa para a térmica, inclusive também vem ele como aço térmico, mas ele tem uma e não serve para náutica.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Você tem alguma coisa que seja imantado? Que é que a gente você pode só.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Te mostrar aqui essa própria. Esse mesmo quadro, tá.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Tá.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Esse quadro aqui em aço 430 o pega como? Como se fosse ferro. Tá aí você tem os escapamentos, obviamente não vão pegar. Tá certo, A escassa churrasqueira também não vai pegar. Aí você tem essa grelha também não vai pegar essa grelha aqui. Ela devido ao corte laser, só essa peça só é possível ser feita por causa que é feita em aço 430.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Se você for ver, ela pega. Wyman Tá.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então aquela gruda.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Ela gruda, não vai ter oxidação. Tá, Tá vendo? Ela não vai ter oxidação. Tá.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Tá. E esse então é o inox 400.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
430. Ele é o chamado aço térmico.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
É aquele foi cortado em lei, isso.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Se fosse confusão. 304 306 isso essa pessoa pegaria em teria.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Por que não pode ser feito um escapamento com essa peça?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Porque esse aço só produz em formato de chapa.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Só chapa, só.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
O plano não existe, não existe tubos para os escapamentos. A gente usa tubo.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
É aqui, por exemplo, aqui você tem peças. Eu estou notando aqui que isso aqui é um corte a laser.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Aqui também é laser.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Aqui é laser. Você tem algo que é feito assim, mais artesanal.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Essa peça é toda feita à mão.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
É feita a mão, isso. Olha que coisa que perna.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Toda feita a mão.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então quer dizer que cada peça dessa.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Você ela foi soldada aqui, foi a ela foi dado o acabamento.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Foi dado o acabamento e daí o nome. Isso aqui é isso tudo aqui. Ou seja, esse polimento, que é o que você.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Fez polimento foi feito.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Aqui.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Feito aqui, isso aqui.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
É isso que é um dos grandes diferenciais.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
É exatamente a, por exemplo, essa peça aqui que é interna.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Da.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Peça. Aqui a gente usa o aço 431 pouco mais barato, tá certo. E eu não teria porque fazer ali um aço 306.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Hoje, Renato tem um percentual de confecção tanto para a área náutica ou pra área residencial.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Olha, atualmente nós estamos numa faixa de 70% residencial, 30% náutica. Por quê que a gente saiu fora da linha de montagem dos barcos? Então hoje vamos fazer, Fazemos peça para os barcos. Eu estou trabalhando com alguns estaleiros e para a gente fazer essas peças para os estaleiros que rodar. Esse fornece o molde para a gente. Então a gente consegue ter um custo muito melhor com uma precisão.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Por exemplo, você faz um guarda mancebo para uma lancha, essa lancha sofre um acidente, a massa faz sofrer alguma avaria. A gente consegue reproduzir aqui um guarda mancebo dentro do nosso molde e essa é a ideia. Então tirar um e colocar o outro, tá certo. Então você tem uma precisão, então é um pega mão, o que for, uma peça, o que for.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E aqui no caso, por exemplo, a gente vê que eu vejo até na Marina a gente vê muitas, muitas peças, inclusive até olha, você vê ducha de ducha, você vê dobradiça. Nesse exemplo.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Toda seção desenvolveu para náutica.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Isso tudo feito aqui dentro.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Isso aqui tá certo, Então são peças, digamos, isso aí. São clientes que pedem. As vezes nos interessa manter uma peça em estoque.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Que são peças que são pra não.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Só aqui. A obra, isso aqui é exata, isso.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Ou então Renato, Agora, para não tomar mais seu tempo, eu gostaria de, se puder fazer uma obra, vou ali. Eu sei que dá para dar uma volta, olhar tudo. Vamos lá. Uma Como é que.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Você me pegou de surpresa? Aí que a oficina não está preparada para isso, cara. Mas mas.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
O que? O que a gente precisa levar informação para os nossos amigos?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Isso aqui são os guarda corpos de uma casa que estão sendo preparados, já foram revisados. Vamos ser entregues hoje à tarde.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Esse é um guarda corpo para um terraço.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Tem um terraço, um.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Terraço.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Que eu estava fala para vocês. Esse eu acho 306 que acabou de chegar, que isso vai para o trabalho naval.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Esse aqui são tubos de aço inox, inox 300 e dizer isso tá.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Eles são crus que eles vão para para cortar depois, para colecionar.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Peças não acontece isso é interessantíssimo aqui também. Como você havia, você tinha falado, você também.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Vocês algumas peças. Nós trabalhamos com alumínio.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Alumínio e até cobre.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
É isso aí. Nós trabalhamos, inclusive, a gente faz os tanques de combustível. Até pouco tempo atrás a gente fazia de aço inox. Hoje só fazemos alumínio naval e são apenas experiências para te mostrar.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Que você faz tanque de combustível também. Isso daqui. O que que é, Renata?

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Isso aqui é um carrinho para jet ski. Aqui vão ser duas rodas e ele vai levar o jet ski a velocidade. Tá aí uma tabela abaixo.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Ah tá, tá ok. Então esse aqui é o berço.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Dele, é o berço. Então você colocadas as rodas aqui.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então vai ser uma peça de alumínio, isso é.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Essa, ela vai entrar no mar, ela vai ter.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Que se o cliente também fizer questão que faça isso aqui em inox.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Fazer ela vai morrer tranquilo.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
O que é o mais antigo aqui? O que você tem aqui de mais antigo então arremessou.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
O estorno.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Estorno.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Então os donos são máquinas, são máquinas do amor até hoje. Olha isso aí, é uma máquina que não pifa, ela é perfeita. Hoje nós temos Calandra, isso aí pra curvar os tubos aqui, nós continuamos com solda lá e nós temos Osmar até essa máquina tem as máquinas hoje, quase tudo aqui.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Então é solda aqui, ele vai fazer ali. Agora eu tava fazendo.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
A mesa em alumínio pra não ter contaminação no material, tá? Isso aqui nasceu a primeira máquina da baixada que é só da Laser.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Tá aí. Isso é uma só o som.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Da Luiza que ela te dá uma qualidade de solda acima da média.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Mas e qual a diferença? Como é que isso pode me mostrar? Eu gostaria de mostrar para as pessoas. A gente pode ter aqui.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Ela permite que você faça uma sonda dessa que com a outra máquina você não é outra coisa que você não tem empeno a você não tem inteiro.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Fez isso aqui? Ficou perfeito.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Ou perfeito? Você não tem em alguns casos.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E quando você fala em Pedro, desculpa pegar de novo aqui, mas só para ficar bem claro, quer dizer que aqui que você fez, se você fosse soldar aqui um comboio metro.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Isso aqui teria uma deformação muito.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Grande da forma convencional.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Aqui praticamente você consegue soldar com a mão do lado praticamente de qual outra máquina você teria que estar com luvas você travar a peça, Tá, tá vendo? É, aqui praticamente parece uma dobra, não é uma dobra, é uma solda. Essa máquina também te permite soldar o quê? Espessuras muito finas?

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Interessante, Perfeita.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
E ela solda alumínio também. Ela solda cobre, ouro, só que já.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Foi soldar, foi soldado aqui ficou perfeito isso foi.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Só lixar.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Eram duas peças que agora estão unidas.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
E essa máquina solda qualquer material, ela funde.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Fantástico! Muito interessante. Essa máquina aqui tem isso superior. Parabéns!

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Então, aí depois nós temos aqui um pré acabamento, né? Depois nós temos aqui corte.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
E depois fazendo aqui.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Uma só que é uma churrasqueira que foi reformada, agora.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Tá.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
E depois nós temos aqui mais corte e aí é mais corte também aqui a guilhotina e depois nasceu a dobradeira, que é pesada, material já tá, e aí embaixo o polimento.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Lá embaixo, polimento, polimento tá muito bom, bacana. Poxa vida Renato olha parabéns, parabéns!

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Mais esse obrigado pela oportunidade.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Não, inclusive, veja bem, eu que agradeço porque a gente, inclusive todos os vossos vídeos, nós sempre temos o encerramento com o slogan porque tudo isso daqui, tudo isso é feito pra porque? Porque navegar é saudável, navegar é preciso. Então, portanto, aqui você faz.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Parte de um belo.

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS
Mundo que traz as pessoas. É verdade, é verdade. Então muito obrigado. Obrigado por nos receber. MARAVIGOLD o papel de amar seu tempo, cada toque.

RENATO MEIER – SÓCIO PROPRIETÁRIO DA OFICINA DO MAR
Abraço. Obrigado.

 

Comentários (0) |

Vídeos Relacionados

APRESENTAÇÃO DA SCHAEFER V44!

Sejam bem vindos a mais um lar de amigos. E hoje é um dia especial, né, pai? Que dia é hoje? Bom, de novo, né? Lançamento da V. 44 que é o barco especial. Um barco que veio para revolucionar o nosso mercado que é. Mas calma, calma, calma, não conta tudo. O pessoal é … Continued

MAR DE AMIGOS – ÂNODO DE SACRFÍCIO! PARA QUE SERVE? QUANDO TROCAR? – 14/03/2024

JOÃO PAULO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS Sejam bem vindos a mais um mar de amigos, mais uma vez aqui no estúdio da TV Boat. E hoje para falar de mais um assunto importante, afinal de contas, todos que já tiveram o primeiro barco já receberam uma ligação do seu mecânico falando Olha, o seu … Continued

MAR DE AMIGOS – O QUE OLHAR AO PEGAR UMA POITA? – 29/02/2024

JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS Bem amigos, hoje vamos pegar uma poita, mas vamos pegar uma poita? TOMAS SOFFIATI – DIRETOR DA MARINAS NACIONAIS Só se você mergulhar hein João JOÃO ROBERTO – CONSULTOR TÉCNICO DE VENDAS Mas tem que pegar poita, isso aí é uma boia ou o que? TOMAS SOFFIATI – … Continued